Maio vermelho: conheça o mês de prevenção à Hepatite

26 de maio de 2021
Maio vermelho: conheça o mês de prevenção à Hepatite

A campanha Maio Vermelho tem por objetivo conscientizar a população sobre a importância de prevenir a Hepatite. Esta doença leva à degeneração do fígado, e os agentes causadores podem ser: vírus, infecções, medicamentos, uso de drogas, abuso de álcool e até mesmo doenças genéticas e metabólicas. Pensando na importância do tema, separamos informações importantes e dicas para sua proteção. Acompanhe!  

Hepatite

Hepatite é uma doença caracterizada, principalmente, por inflamação no fígado. O infectado pode sentir febre, dores musculares, cansaço, mal-estar, cor amarelada na pele e nos olhos e, a longo prazo, insuficiência hepática, o que pode levar à morte.  Atualmente, existem onze tipos de Hepatite e cada uma delas têm causas e tratamentos distintos. Hoje, vamos explicar as peculiaridades da hepatites virais, hepatite alcoólica, hepatite medicamentosa e hepatite autoimune.  

Hepatites virais

São consideradas doenças infectocontagiosas, causadas por vírus, sendo já descritos 7 tipos (A à G) em literatura. Podem ser transmitidas de várias maneiras, tais como: fecal-oral, alimentos e água contaminados pelo vírus, saliva, sêmen, secreções vaginais, leite materno, transfusão de sangue, agulhas contaminadas, instrumentos de manicure, pedicure, tatuagem, colocação de piercing, entre outros. Se não tratadas de forma correta, podem levar a cirrose hepática até câncer. 

Para evitar estas formas da doença, alguns hábitos de higiene devem ser tomados: 
– Lavar bem as mãos; 
– Evitar alimentos crus; 
– Tomar apenas água potável: mineral, filtrada ou fervida;
– Tomar as vacinas contra hepatites, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde (MS);
– Usar preservativo em todo contato íntimo;
– Exigir material descartável novo sempre que realizar procedimentos que tenham contato com sangue e fluídos corporais, bem como realizar piercings, tatuagens e até mesmo acupuntura;
– Não usar drogas injetáveis ou utilizar material esterilizado;
– Não compartilhar objetos de uso pessoal como kit de manicure e lâmina de barbear;
– Usar sempre materiais descartáveis novos se for socorrer ou tratar das feridas de alguém.

Hepatite alcoólica

É causada pelo consumo excessivo e prolongado de álcool. Seu desenvolvimento é lento, por isso, esta Hepatite pode levar anos para dar sinais de sua existência.

Este tipo de hepatite não é contagiosa e além dos sintomas comuns à doença, o enfermo pode sentir também acúmulo de fluidos no abdômen, convulsões, insuficiência renal e do fígado.

Se não for tratada a tempo, pode evoluir ainda para cirrose e falência hepática. Hoje, o principal tratamento para esta doença é a interrupção do consumo de álcool.

Hepatite medicamentosa

Pode ser causada pelo uso prolongado de medicamentos, ou também pela sensibilidade a alguns componentes que compõem certos medicamentos.

Ela não é contagiosa e os sinais e sintomas comuns à doença podem aparecer repentinamente. Este tipo de Hepatite deve ser tratado rapidamente para reduzir os impactos que a intoxicação pode causar ao fígado.

Vale a pena também ficar atento ao uso prolongado de medicamentos como Paracetamol e Nimesulida, que são metabolizados no fígado.

Hepatite autoimune

Este tipo de hepatite pode ser causado por uma falha no sistema imunológico. De forma geral, é como se nosso próprio corpo começasse a atacar as células do fígado, o que pode levar a um quadro de hepatite crônica.

Não é contagiosa e acredita-se que está relacionada à alterações genéticas. Além dos sinais e sintomas comuns à doença, pode causar coceira leve na pele, dor nas articulações e inchaço na região abdominal.

Para evitar esta forma da doença, é importante manter exames de rotina em dia.

Como saber se tenho a doença?

Todos os tipos de Hepatite podem ser sintomáticos ou assintomáticos, o que dificulta o diagnóstico da doença. Entretanto, sinais e sintomas mais marcantes da doença são: olhos e pele amarelados, urina de cor escura e fezes claras, quase brancas.

Para diagnosticar de forma correta e eficaz, é necessário ficar atento aos sinais e sintomas descritos ao longo deste blog, e em caso de suspeita, consultar o seu médico ou um especialista (gastroenterologista), realizar um mapeamento e assim descobrir qual o tipo da doença e o estágio de evolução.  

A Neolab oferece testes rápidos para diagnosticar Hepatite. Para maiores informações sobre este produto, entre em contato com a gente

Referências:
http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/hv/o-que-sao-hepatites/hepatite. Acessado em 20/05/2021

https://www.tuasaude.com/hepatite-b/#:~:text=A%20hepatite%20B%20%C3%A9%20uma,e%20olhos%20e%20pele%20amarelados. Acessado em 20/05/2021

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/hepatite-c/. Acessado em 20/05/2021

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/hepatite#:~:text=Hepatite%20%C3%A9%20a%20degenera%C3%A7%C3%A3o%20do,subst%C3%A2ncias%20t%C3%B3xicas%20para%20o%20corpo. Acessado em 20/05/2021

https://www.bio.fiocruz.br/index.php/br/noticias/781-voce-sabe-diferenciar-as-hepatites-a-b-c-d-e-e  Acessado em 20/05/2021

https://www.mdsaude.com/gastroenterologia/hepatites/ Acessado em 20/05/2021.

VEJA MAIS NOTÍCIAS

Newsletter

Receba nossas dicas e notícias por e-mail

    Nossas Marcas

    NEOPLAST
    NEO VACCUM I
    ROLLMED
    Topscien
    Neolab Import
    Neolab Odonto
    Whatsapp